Seguidores

domingo, 21 de novembro de 2010

Onde nos perdemos?......

Tento te esquecer de todas as formas,

tento não lembrar de tudo o que

vivemos,

das noites passadas, meu corpo

em teus braços,

palavras que já não diziam nada.


Bocas que se procuravam,

mãos que se entrelaçavam,

juras de amor eterno.


Como era lindo amanhecer

ao teu lado,

nossos corpos molhados,

suados,

e bastava apenas um olhar,

para que nos amassémos novamente,

com o fogo de dois adolescentes.


Em que parte dessa história

nos perdemos?

Onde ficou tanto amor,tanta paixão,

tanto desejo.


Perdeu-se ao longo de tantos anoiteceres,

e amanheceres que ficaram

para sempre esquecidos

no tempo.


Onde está você, volta ......

meus olhos se perdem

na imensidão do espaço,

sempre à tua espera......



Marilú


37 comentários:

  1. Como será que acontece? a distancia entre dois mundo é exatamente a que imaginamos e que tentamos transpor, mas pense que esta tudo perto e estenda os braços pra alcançar. Beijos cara amiga.
    boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Sabe, Marilu,

    perdemo-nos nuns olhos...

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Acontece sem que se perceba como e aí a gente não sabe o caminho de volta.
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Perguntas...Lindo poema!beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  5. É uma parte dolorida da vida da gente, acontece sem que a gente perceba, quando se ve, os caminhos não mais se cruzam,,,,beijos de boa semana pra ti querida.

    ResponderExcluir
  6. Infelizmente isso acontece em nossa vida...

    Bom dia amiga.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  7. Nunca sabemos exatamente onde se iniciou o começo do fim...
    lindo poema amiga
    Beijos e uma excelente semana pra ti!

    ResponderExcluir
  8. Marilu

    Basta ler os teus bonitos poemas para que s veja que saberes amar. Assim sempre serás recompensada por saberes também esperar.

    Sostaria de dedicar-te um poema,que designaria MARILU, no meu blog. Poderás também postar. Como sempre, nos poemas nominais, gostava de uma foto tua que aqui nãi encontro. Aceitando, queres eniar para: danielcosta@optimus.clix.pt ?
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. É minha amada...quando percebemos, nos damos conta, foi...passou... e dói!
    Beijuuss n.c.

    www.toforatodentro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Tudo tem começo, meio e fim, então q acoteça da melhor forma possível.

    ResponderExcluir
  11. Oh, Marilú, lindo versejar nesse teu post.
    Por mais que agente escanado saudades e desejos, até de nós mesmos, tudo é latente, tudo trás a lembrança da pessoa de volta...

    ResponderExcluir
  12. Oiê!

    Seu poema (LINDO!) nos faz meditar que o amor deve ser renovado todos os dias para não se perder...
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  13. Olha, Marilu,

    Não sei explicar como isso acontece. O fato é que acontece, e quando damo-nos conta, o que existe é o desencontro, o descompasso e não há meio de voltar atrás (salvo raríssimas exceções), tentando colar os pedaços ou fazer um novo encontro. Junto-me a você nessa pergunta: onde foi que tudo começou a terminar?

    Beijos, querida, lindo texto.

    Carla

    ResponderExcluir
  14. Depressa: o tempo foge e arrasta-nos consigo...

    Beijo.

    ResponderExcluir
  15. Por quantas vezes acordei igual há uma adolescente? - Muitas vezes...
    E onde foi que me perdi em cada amanhecer? - Foi por amar demais...

    Engoli teu texto com sabor de frutas, batidas num liquidificador, que delícia, rs!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá Marilu
    É difícil esquecer alguém que passou por nossa vida, e foi capas de nos fazer felizes.
    Bjux

    ResponderExcluir
  17. É sempre bom sairmos do passado.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  18. Marilu lindo uma canção de amor.... sonhei no teu poema..... maravilha......doce..... ah que delicia ler você.

    ResponderExcluir
  19. Oi Marilu....

    Nada está perdido...tudo ficará para sempre guardado num lugar só seu...onde ficam os sonhos... tudo o que ninguém pode tirar...nem roubar...pq são só SEUS!!!!!

    bjos querida!

    Zil

    ResponderExcluir
  20. Belíssimo este teu poema... e assim, nos perdemos para nos encontrar, outra vez...
    Beijinho,
    Chris

    ResponderExcluir
  21. O importante é o q se viveu,mesmo q ñ volte.
    Pior do q isso é viver num coração de alguém e ñ deixar rastros, vc simplesmente deixa de existir sem a sua permissão.
    beijokas amada.

    ResponderExcluir
  22. Onde andávamos quando nos perdemos...? Pois é, mas ainda acho que é melhor sofrer por um amor que não deu certo, do que ter o coração fazendo eco de tão vazio...rs. Bj grande

    ResponderExcluir
  23. É amiga, as vezes nos perdemos em nós mesmas...Bjos achocoaltados

    ResponderExcluir
  24. Retorno, querida, pra agradecer o seu exemplo, deixado lá no meu PBI. Agradeço mesmo, de coração.

    Um grande beijo, Marilu

    Carla

    ResponderExcluir
  25. Lindo poema, nostálgico..
    Beijo na alma, Marilu!

    ResponderExcluir
  26. Marilu ,
    lentamente , sem nos apercebermos , vai - se no quotidiano da vida .
    Mas quando é lembrado com carinho e desejo da volta , óptimo . Não ficou mágoa .

    Um beijo

    ResponderExcluir
  27. A amizade é um presente
    não se compra
    não se vende
    nasce na alma da gente

    beijinhos de luz e muita paz.

    ResponderExcluir
  28. Uma belissima quarta feira pra ti querida amiga...beijos.

    ResponderExcluir
  29. Onde e quando nos perdemos?

    Aos poucos com o passar do tempo
    nos vamos perdendo,
    não reparamos nesse passar
    e no final nos espantamos
    e perguntamos,

    onde estás tu
    onde estou eu?

    E ninguem responde!...

    Foi assim Marilu!...
    Belos versos,

    Mª. Luísa

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  31. Agradeço o retorno :)

    "meus olhos se perdem
    na imensidão do espaço,
    sempre à tua espera......" gostei..
    bjos

    ResponderExcluir
  32. Ah, o tempo, sempre nos traindo!
    às vezes piscamos e as coisas já não são mais as mesmas! lindo poema!
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  33. Oi, Marilu querida
    Muitas vezes precisamos perder para valorizarmos ainda mais...
    Postei o selinho lindo que nos ofereceu no dia de hoje... passa lá!!!
    Bjs de paz e excelente fim de semana!!!

    ResponderExcluir
  34. oi, linda poetisa!
    quem nunca viveu um amor assim?
    belo e triste amor!
    beijos...

    ResponderExcluir
  35. Oi, minha querida Amiga Marilu!!

    Desculpe a demora em vim te responder e, passar por aqui, que é sempre um prazer enorme...
    Mas o Blog, mais uma vez entrou em parafuso, deu pane em tudo..
    Não conseguia acessar o Painel d Controle, até mesmo a última postagem, foi postada cheia de erros, foi quando travou tudo, e só hoje, é que consegui resolver...
    Acho Eu, que até o Google e o Blogger, não permitiu os Cariocas, nem de usar o Blog...kkk
    Estamos sitiados, tomados por grades dentro de nossas próprias casas, acredita?

    Beijos no coração e, uma linda noite pra ti querida Amiga...

    MARCIO RJ

    ResponderExcluir
  36. Concordo com Analu: melhor sofrer por um amor que não deu certo do que nunca ter amado... Beijo grande!

    ResponderExcluir