Seguidores

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Viagem pelas asas da imaginação



Quando viajo nas asas da imaginação, 
não levo bagagem, 
apenas malas vazias 
para traze-las
cheias de sonhos.

Nessa viagem incrível, 
tudo é permitido,
mergulho no mais profundo dos 
oceanos que existem dentro 
de mim.

Também me vejo 
flutuando no céu, 
com um punhado de 
estrelas nas mãos, 
e escorregando 
pelas cores do arco íris.


A lua cheia sorri para mim,
as nuvens me envolvem 
docemente, como 
a me embalar meu sono.

Minhas malas já 
estão lotadas, 
hora de voltar
a realidade. 


Marilú






15 comentários:

  1. Essa viagem é linda e nos faz voar sem do lugar sair! Lindo! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Pois, caríssima, há sempre um tempo de sonho, e outro de voltar à realidade...
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  3. Poetisa

    Bom mesmo... é quando no retorno dessas viagens... desses delírios... voltamos com a alma inundada de estrelas, de sonhos e de amor. abraços na alma

    ResponderExcluir
  4. Poetisa

    Bom mesmo... é quando no retorno dessas viagens... desses delírios... voltamos com a alma inundada de estrelas, de sonhos e de amor. abraços na alma

    ResponderExcluir
  5. É a melhor viagem, Marilu. Sempre digo que a imaginação, o pensamento, é a única coisa que ninguém pode nos tirar. Eu também voo muito, já estive em lugares incríveis. beijos, amiga.

    ResponderExcluir
  6. Que maravilhosa viagem Marilu! a imaginação é algo só nosso, é um bem e um dom.Lindo poema!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Belissimo poema minha amiga. Nas asas da imaginação tudo é possível, mas há uma altura em que temos mesmo de voltar à realidade.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  8. Tudo é possível na imaginação e quase tudo é possível se realizar.
    Continue sonhando e distribuindo o conteúdo de suas malas de poesia!
    Um abraço e uma semana de paz e realizações

    ResponderExcluir
  9. Bom dia, querida amiga Marilu.

    Essas são as melhores viagens...
    Amei.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Minha querida Marilu

    Nunca deixes de voar nas asas dos sonhos...deixar de sonhar é deixar de viver.
    Adorei ler-te como sempre

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  11. Minha querida

    Hoje passando para dizer que estou a ser entrevistada no RECANTO DOS AUTORES, será um prazer a tua visita. Deixo o Link:

    http://recantodosautores.blogspot.pt/

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  12. Pois é querida amiga Marilu, mas enquanto o sonho durou foi imensamente lindo: Voei na suas asas e voltei à realidade quando desci consigo!
    Lindo!
    Beijinho grande!

    ResponderExcluir
  13. Pena que temos de voltar a realidade, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  14. BOA NOITE MINHA QUERIDA !!!!!!!!!!!
    SAUDADES MIL...
    UM POEMA VOADO SIM PELAS ASAS DA IMAGINAÇÃO...LINDO !!!!!!!!
    BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  15. Que sempre haja um sonho, que seja, para tirar nossos pés do chão e fazer com que desejemos alçar novos horizontes... Sonhar a todo instante...

    ResponderExcluir