Seguidores

domingo, 12 de setembro de 2010

Leva-me contigo......


Eras parte de mim...fostes embora,
não preparastes meu coração,
não dissestes a minha alma
que partirías.

De repente vejo-me só...
entre as mesmas
quatro paredes
que nos abrigaram
durante tantos anos de amor.

Olho em volta, tudo me
traz você,
as velhas fotografias,
as orquídeas que eram
tua paixão,
aquele quadro que você
com sua falta de talento...pintou...
mas que hoje está exposto na
galeria do meu coração.

Nosso velho balanço no jardim,
parece que está sempre a
esperar por nós.
As roseiras, estão tristes,
parecem que perguntam
por ti, pois você as
acarinhava todos os dias, falava
com elas, e elas retribuiam
teu carinho, dando-te lindas rosas.

Sento-me nos mesmos degraus
da escada... aquela que você
colocou violetas em volta,
onde passávamos horas
a conversar, vendo o sol
se por no horizonte.

Pergunto-te como posso
viver sem você?

Fostes meu primeiro namorado,
meu primeiro beijo,
meu primeiro e único amor,
tuas marcas estão gravadas em
mim feito tatuagem na alma.
Quando sonho contigo,
tudo é tão real,
sinto tuas mãos
entrelaçadas as minhas,
sinto tua respiração,
vem.......
leva-me contigo,
vamos viver esse
amor em outra dimensão.


Marilú

34 comentários:

  1. Vens chegando nas sombras da noite
    O dia é quente, e a noite a refrescar
    Cai do céu a gota de orvalho
    E eu aqui, neste cantinho em ti a pensar

    Abraço carinhoso amiga.

    ResponderExcluir
  2. oi Marilú obrigada pelo carinho.. vc é de uma gentileza imensa. lindo seu poema.. triste mas maravilhoso.. tão terno que me doeu o coração. a saudade é dificil de suportar. vc é maravilhosa amiga..beijão

    ResponderExcluir
  3. Que lindo apesar de triste...Um grande amor esse!beijos,linda semana,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Querida amiga, mais um poema divinal.
    Voltei do Rio de Janeiro e hoje venho especialmente para agradecer as suas carinhosas mensagens.
    Bjs do tamanho do infinito
    Maria

    ResponderExcluir
  5. Oi Marilu...que lindo poema....

    Me lembra a da música do Caetano"vc não me ensinou a te esquecer....."

    bjos!!!!

    Zil

    ResponderExcluir
  6. Como é doída a perda. Acho que nunca vamos nos acostumar com ela. Existem presenças que deixam marcas para sempre.
    Bjux

    ResponderExcluir
  7. Minha querida amiga, esse último trecho é arrebatador.
    Acredito que quando aqui não é possível, outra dimensão acolhe tão sublime amor.
    E é possível vivé-lo desde já.
    Bjs, um abraço.

    ResponderExcluir
  8. Poetisa Marilu

    Este retorno...ao primeiro amor, ao primeiro beijo, ao primeiro abraço...promove um terremoto dentro da alma, balança o existir, volto como um menino ao passado... em busca de amor.
    um grande abraço

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Lindo!
    Tive que conter as lágrimas porque logo de início pensei ser meu coração falando de mim...
    pra quem se foi pra outra dimensão...
    Um grande abraço fraterno com votos de paz interior.

    ResponderExcluir
  10. lembro aqui Drummond ... ausência ... ausência não é perda pois a lembrança fica e esta nunca poderá ser roubada ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  11. Lendo teu poema, me fez lembrar do meu passado, eu era desse jeitinho. Doia tanto no meu peito. Hoje estou livre e nem quero que venha me buscar para dar continuidade num amor, que amei sozinha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. AH! amiga este amor vivido tão intensamente e pelo visto corrrespondido com certeza atravessará o portal da Eternidade. Beijos no coração...Ah! cuida bem do teu também,afinal ainda temos muito o que fazer aqui,nesta dimensão.

    ResponderExcluir
  13. Marilu minha querida, acredito que amores com essa intensidade vivem e se repetem em qualquer dimensão.

    Agradeço seu carinho sempre viu.

    beijinho no coração.

    ResponderExcluir
  14. Lindo poema. Triste poema de um amor solitário.
    beijos

    ResponderExcluir
  15. Zelo por ti!
    Agradeço a tua amizade.
    Meu céu é teu também. Venha sempre que quiser. E tomara que tu queiras vir todos os dias.
    Tenha um dia maravilhoso!
    Com a tua presença, o meu dia será maravilhoso também.
    Meu carinho,
    teu Anjo Sedutor, Seduzido, Maluquinho e... Rebelde!

    ResponderExcluir
  16. O amor intenso é sempre do coração de quem ama, a outra parte uma incógnita não quero dizer que há ausência , mas será também o mesmo intenso que reside num coração, bem isso não importa, importa é amar assim e ir assim feliz em todas as formas de existências.

    ResponderExcluir
  17. Marilú

    O poema, que penso ser mesmo um devaneio, e sendeo é bonito e imaginativo. De qualquer modo modo será portador da essência de um amor sentido.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Memorias,,,lembranças de tristeza e solidão,,,aconchego de um passado que ronda o pensamento,,,,saudade,,,que alimenta a esperança de ter tudo outra vez...lindos versos...beijos de otimo dia pra ti.

    ResponderExcluir
  19. assim eu me derreto todo,
    ela escreve amar
    verdade doce

    fique com Deus!

    do homem-menino

    e beijos,

    ResponderExcluir
  20. Oi Marilu,

    Muito gracioso esta sua poesia... Gostei muito!!
    Beijos,

    ResponderExcluir
  21. Leva-me contigo...quando o amor é verdadeiro e as saudades já não se suportam. Leva-me contigo...quando tudo á minha volta fala-me de ti
    e as roseiras abrem por tua causa.
    Leva-me contigo...quando o sol se põe e a noite me põe mais triste.
    Leva-me contigo...para onde tu quiseres, noutra dimensão ou não...mas que nunca amanheça sem ti!
    Beijocas
    Graça

    ResponderExcluir
  22. Oi!
    Sempre estaremos perto do amor verdadeiro, por mais que possa tardar o reencontro sempre acontecerá!
    Cuide das rosas, e de tudo que cultivaram juntos!
    Bjs
    Ser Estranho Ser !

    ResponderExcluir
  23. Olá querida e estiamada amiga, mais um lindo poema. Nostálgico, cheio de saudade, um verdadeira declaração de amor!
    A vida tem destas coisas, as partidas são sempre tristeza e dor, na alma e no peito de quem fica.

    Tem uma boa semana

    Bjs

    Sãozita

    ResponderExcluir
  24. qualquer perda é dolorida e qd é alguém q temos no coração,deixará sempre um vazio e a saudade e as boas lembranças será um conforto.

    ResponderExcluir
  25. oi minha amiga...
    Esse texto lindo, porém triste me fez refletir... quando o grande amor vai pra outra dimensão ainda há a certeza do reencontro...mas quando o amor se vai , mas pra mesma dimensão...nem as rosas ficam para serem cuidadas ou nos dar a chance de relembrar....são dores tão parecidas e ao mesmo tempo tão diferentes...ai amiga viajei...
    Bjs carinhosos
    Márcia

    ResponderExcluir
  26. Deixei um carinho bem especial para vc neste cantinho..
    http://sandraandrade7.blogspot.com/
    Espero que goste. Carinhosamente Agradeço a sua visita na Curiosa e também na Interação de Amigos.
    Um forte abraço,
    Sandra

    ResponderExcluir
  27. Oi querida, amei o filme e tb seu poema!
    Bjs pra vc
    Gena

    ResponderExcluir
  28. O amor verdadeiro segue além desta vida, pois é mais forte que a morte.
    Beijos na alma e um lindo dia!

    ResponderExcluir
  29. Lindo poema minha querida, como todos que sempre leio por aqui, obrigada por sempre nos presentear com essas coisas lindas, beijos em seu coração!

    ResponderExcluir
  30. é a eternidade que faz do amor saudade.

    ResponderExcluir
  31. Vem do mar esse gosto de poesia
    trazido pelo vento nas areias
    a embalar a clara luz do dia...

    £uma

    Beijos poéticos neste dia! M@ria

    ResponderExcluir
  32. Teu poema é emoção vivida, sentida e expressada com carinho e devoção.
    Pura emoção que não é fácil traduzir por palavras.
    As palavras são sempre pequenas para conter a carga emocional tão grande.
    Obrigado pela partilha, tudo de bom a acontecer contigo.
    Kandandos.

    ResponderExcluir
  33. Ai eu canto assim

    "Entre as coisas que são suas nao esqueça de me levar".

    Bjs
    Insana

    ResponderExcluir