Seguidores

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Reencontro....


E chega o anoitecer.

E com ele vem a esperança,

esperança de que diminua a distância,

que nos separa do amor.


Distância que nos separa dos sonhos;

sonhos que ficaram perdidos na escuridão;

escuridão nascida da solidão;

solidão pelo desencontro...

O nosso desencontro...


Mas a luz de nosso olhar,

olhar dos que se amam,

reacende nossa paixão,

fazendo renascer nosso amor.


Sonhemos pois,

e vivamos intensamente este amor.


Vivamos sem culpa...

Sem culpa por nos amarmos.

Vivamos sem medo...

Sem medo de nos reencontrarmos.

25 comentários:

  1. Bom dia Marilu, mais um lindo poema que nos leva a muitas reflexões
    Beijos e um dia abençoado pra você!

    ResponderExcluir
  2. Olá meu querida amiga. Poesia bonita. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Marilu, amanhã começa a primavera, haverá flores, sol radiante, pássaros cantando, e os sonhos ganham forma de nuances, a vida parece ficar mais coloridas, se tens um amor ao teu lado, sorri e feche os olhos pro passado, permita-se ser FELIZ, e seja muito, mais muito Feliz!
    (perdão pela amargura que leste de mim, ainda cultivo sonho, mas minha primavera demorará ainda a chegar, e numa destas tentativas de encontra-la me feri... não quero passar estas coisas, este é o motivo que fechei o valvesta)

    beijos. muitos no teu amoroso coração.

    ResponderExcluir
  4. Esperança e sonhos moram lado a lado,,,um alimenta o outro na conquista e no reencontro...beijos de bom dia pra ti querid.a

    ResponderExcluir
  5. muito lindo ... a vida é a arte dos encontros já dizia o poeta ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Senhoras, amar sem culpa é delicioso, mas com culpa também é, afetos.

    ResponderExcluir
  7. Um dia assim seria pura magia, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  8. Entre o nascer e o morrer
    ninguém sabe como passar
    mas nunca deixes que a vida
    te possa proibir de amar.

    Beijinhos de paz e muita luz

    ResponderExcluir
  9. Que neste reencontro poético continuem a unir os versos dando iluminando a união e ter fim a solidão.... belo poema... abraços!

    ResponderExcluir
  10. Nunca devemos perder as esperanças com nossos sonhos.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  11. Olá querida amiga, sabe que senti um clima de Romeu e Julieta aki.Quanta ternura nete coração..haha lembrei de uma música, rs, vou cantar pra vc... mil voltas e voltas que dei querendo talvez encontrar alguem que levasse a sério amar, hoje sou feliz feliz e canto só por causa de vc, hummmmmmmm espero que tenha gostado da minha cantoria aki, rssssssssss, beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá Marilu: Mais um lindo poema Quanta ternura deixada nesta escrito lindissimo.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  13. Querida Marilu, às vezes nos falta a esperança de reencontrarmos o amor naquele a quem, outrora, amamos intensamente. Será que mudamos tanto? Será que o outro deixou de carregar as características que nos fizeram amá-lo pela primeira vez? Ou, apenas seguimos a corrente e esquecemos de OLHAR o outro na descida da corredeira? Um beijo, Deia.

    ResponderExcluir
  14. Oi Marilu...Poetiza querida!

    Que lindo!!!!

    bjos!

    Zil

    ResponderExcluir
  15. POETISA,
    É ASSIM QUE DEVE SER.
    UM REENCONTRO COMEMORADO E BRINDADO EM PROSA E VERSOS.
    UM ODE AO AMOR DENTRO DO TEU CORAÇÃO ROMÂNTICO.
    É SEMPRE MARAVILHOSO ESSES REENCONTROS, POIS REASCENDE A PAIXÃO.
    BEIJOS, UM ABRAÇO AFETUOSO.

    Quando há um reencontro
    Os desejos renascem,
    Os sonhos revivem...
    É quando esses sonhos
    De amor até então adormecidos,
    Despertam, para teu alvorecer.

    ResponderExcluir
  16. Boa noite Marilu,
    ficou tão bonito o seu "reencontro".

    Quanto a caixinhas, também gosto muito, agora há delas tão bonitas!

    Beijinhos,
    Ana Martins
    Ave Sem Asas

    ResponderExcluir
  17. Bom dia querida Marilu,
    que lindo "reencontro"
    fiquei apaixonada
    bjos com carinho minha linda poetiza....

    ResponderExcluir
  18. A distância é o fascínio do amor ...

    Beijo minha querida.

    ResponderExcluir
  19. A distância é o fascínio do amor ...

    Beijo minha querida.

    ResponderExcluir
  20. Viver o amor em plenitude é um desafio...
    Beijos na alma, querida, e tenha um dia abençoado!

    ResponderExcluir
  21. Olá minha querida amiga Marilu,lindo poema,amar sem culpa,lindo reencontro.
    tem uma boa semana amiga.
    beijinhos com muito carinho.
    sãozita

    ResponderExcluir
  22. Maravilhoso reencontro de amor!beijos,linda primavera!chica

    ResponderExcluir
  23. Marilu Lindo poema este do reencontro adorei tens alma de poetisa. postei no meu blog algo para você se quiser ver pode ver e se não gostar eu retiro do blog. Silenciodosmeussonhos.blogspot.com
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  24. Beijo carinhoso de bom dia pra ti querida...paz e poesia sempre.

    ResponderExcluir
  25. Marilu

    A esperança, só por si, pode acalentar o sonho do amor.
    Se ele chega porque não vivê-lo desveladamente?
    Beijos

    ResponderExcluir